Complemento de produtos

Componentes da sinalização de passages de nível TDS-MX

  1.  SINALIZAÇÃO ATIVA AUTOMÁTICA
    1. SISTEMA DE DETECÇÃO DE TRENS:
      • Detecção por indução eletromagnética
      • Detecção por circuíto de via
      • Detecção por acionamento eletromecânico
    2. FUNÇÕES:
      1. Detectar a presença de qualquer veículo ferroviário maior que   03 metros em uma zona compreendida entre 100 a 600 metros de ambos os lados de um cruzamento rodo-ferroviário.
      2. Analizar a informação, determinando se a mesma é procedente e em caso afirmativo promover o acionamento dos equipamentos de sinalização da passagem de nível.
      3. Desativar completamente todo o sistema de sinalização da passagem de nível imediatamente após o último eixo da composição ferroviária haver transposto a via rodoviária.
    3. REQUISITOS ELEMENTARES:
      1. Promove a detecção automática  de qualquer composição ferroviária com comprimento maior de 03 metros em qualquer  sentido e velocidade de tráfego.
      2. O sistema é baseado nos princípios de “fail-safe”, ou seja: a condição de falha operacional do equipamento provoca o fechamento do cruzamento por tempo indeterminado, até que seja efetuado seu reparo.
      3. O sistema prevê todas as situações de circulação e manutenção da ferrovia, não interferindo com as mesmas.
      4. O sistema  prevê  manutenção simplificada,  facilidade de substituição de componentes  e simplicidade operacional para a substituição destes componentes no local da passagem de nível.
      5. O sistema  permite a eventual ocupação de uma determinada zona de aproximação por veículo de serviço ferroviário estacionado na mesma (sem que ocorra o acionamento do sistema de sinalização).
      6. É prevista a alimentação externa de 110/220 vcc.
      7. Uma vez detectada a composição ferroviária, e após a analise lógica do movimento da mesma, o sistema é capaz de promover o correto funcionamento de todos os dispositivos de sinalização que constituem a passagem de nível, inclusive cancelas ferroviárias automatizadas.
      8. A escolha do módulo de detecção a ser empregado depende da situação encontrada em cada caso
    4. SINALEIROS
      1. MASTRO: Tubular, metálico, diâmetro externo 139,70 mm espessura da parede 2,65 mm, altura máxima do solo 4400 mm, dotado de abertura de inspeção de 95,00 X 75,00 mm (com tampa hermeticamente fechada) localizada na interseção do suporte dos faróis e logo acima da base. O mastro recebe tratamento anti oxidante, aplicação de fundo poliuretano e pintura final com tinta poliuretano dois componentes cor branca. Recebe a aplicação de faixas reflexivas pretas conforme desenho  SGI 31-00-02
      2. BASE: Metálica fundida,  promove a fixação do mastro em sapata de concreto de 600,00 X 600,00 X 1500,00 mm através de chumbadores de 1”’ de diâmetro distanciados entre si de 400,00 mm. A base permite (em caso de abalroamento) que o sinaleiro possa girar sobre seu próprio eixo longitudinal.
      3. PLACAS: São de três modelos : PARE AO SINAL VERMELHO, CRUZAMENTO VIA FÉRREA e “N” LINHAS. Construídas de acordo com  o desenho SGI/DE 31-00-04 em chapa metálica de 2,0 mm de espessura, bordas laterais de 25 mm em todo seu perímetro, tratamento anti corrosivo, pintura epóxi pó nas cores regulamentares e aplicação  de película reflexiva conforme normas específicas.
      4. ELEMENTOS DE FIXAÇÃO: Modulares, de metal fundido promovem a fixação e o posicionamento das placas a uma distância  de 300 mm da superfície do mastro a qualquer altura do solo.
      5. SINAIS LUMINOSOS: Composto pelo conjunto de dois focos luminosos localizados junto ao mastro (conforme desenho SGI/DE 31-00-04). Apresentam aspecto vermelho intermitente, sendo cada par de focos iluminado alternadamente na razão de 45 vezes por minuto. A deflexão da luz, dada pela lente de cada unidade, quando as unidades são montadas em poste, são de 30 graus na extensão horizontal do feixe luminoso e de 15 graus de cima para baixo. Podem ser utilizados sinais luminosos com matriz de led`s.
      6. SINAIS ACÚSTICOS: Do tipo eletro-mecânico com gongo metálico de 300mm de diâmetro, operam em corrente alternada na freqüência industrial. Suas batidas podem ser reguladas à razão de 100 a 225 vezes por minuto, sem interferência do som de uma batida no som da subsequente.
  2. SINALIZAÇÃO PASSIVA
    1. PLACAS FERROVIÁRIAS
      1. ADVERTÊNCIA: São do modelo : CRUZAMENTO VIA FÉRREA.  Construídas de acordo com  o desenho SGI/DE 31-00-04 em chapa metálica de 2,0 mm de espessura, bordas laterais de 25 mm  em todo seu perímetro, tratamento anti corrosivo, pintura epóxi pó nas cores regulamentares e aplicação de película reflexiva conforme normas específicas.
      2. REGULAMENTAÇÃO: São do modelo : PARE OLHE ESCUTE. Construídas de acordo com  o desenho SGI/DE 31-00-04 em chapa metálica de 2,0 mm de espessura, bordas laterais de 25 mm  em todo seu perímetro, tratamento anti corrosivo, pintura epóxi pó nas cores regulamentares e aplicação de película reflexiva conforme normas específicas.
      3. INDICAÇÃO: São do modelo : “N” LINHAS. Construídas rigorosamente de acordo com  o desenho SGI/DE 31-00-04 em chapa metálica de 2,0 mm de espessura, bordas laterais de 25 mm  em todo seu perímetro, tratamento anti corrosivo, pintura epóxi pó nas cores regulamentares e aplicação de película reflexiva conforme normas específicas.
VOLTAR