Produtos

Sinaleiro Automático

Quando se faz necessária a sinalização automatizada de uma passagem de nível, empregamos o que há de mais eficiente para as singulares características brasileiras, nosso Sistema TDS-K4. Eficiente em seu funcionamento, em sua proteção ao vandalismo e, principalmente eficiente em relação ao seu reduzido custo procuramos ser  coerentes com a realidade econômica atual. O funcionamento do TDS-K4 é baseado em módulos de operação, ou seja: para cada setor de atividade existe um módulo interligado ao conjunto, são quatro estes módulos:

 

Detecção

O TDS-K4  pode operar com três sistemas distintos de detecção de composições ferroviárias.
Em situações normais de tráfego, utiliza sensores (SPIDER) que operam com variação de campo eletromagnético . Estes sensores  possuem regulagens de sensibilidade e são capazes de detectar desde autos de linha até grandes composições ferroviárias sem a possibilidade de detecção acidental provocada por massas metálicas estranhas. Sua localização, embaixo dos trilhos, dificulta ao máximo as ações de vandalismo.
Quando o tráfego ferroviário se comporta de maneira irregular, como acontece nas imediações de pátios de manobra e estações por exemplo, o sistema pode utilizar ainda outros dois processos de detecção: o consagrado circuito de via (CV) e o sensor de presença ativado por compressão (PHANTON). Este último, por ser imune á descargas atmosféricas, é o mais indicado para PN’s com cancelas.

 

Processamento

Este módulo, de funcionamento computadorizado, é o responsável pelo processamento de todas as informações e tomadas de decisões feitas pelo TDS-K4. Acondicionado no interior de armário blindado, tem   total proteção contra intempéries e atos de vandalismo.
Seu software permite programação das variáveis específicas de cada cruzamento, possibilitando inúmeras alternativas de operação. Pode ser monitorado via modem e possui  completo sistema de auto detecção de falhas

 

Sinalização

Este módulo dispõe de diversos modelos de sinaleiros, sinais luminosos, sinais acústicos e cancelas automáticas que possibilitam várias alternativas para viabilizar a sinalização de qualquer situação da PN, seja ela urbana, em rodovia, ou em pátio de industrias.
Todos os seus componentes obedecem aos padrões e normas recomendados pelos órgãos responsáveis.

 

Alimentação

Este módulo garante alimentação auxiliar através  de um banco de baterias de alta potência, livres de manutenção, capazes de sustentar seu  funcionamento mesmo com a falta de energia da rede pública. A carga destas baterias é mantida dentro dos limites de operação automaticamente, por um sistema de nobreak microprocessado. A proteção contra descargas elétricas e surtos é feita por protetores térmicos, aterramento e centelhadores.
A utilização do conceito de módulos, garante simplicidade operacional e facilidade na identificação de possíveis defeitos no funcionamento do TDS-K4.
Sendo necessária a substituição de algum deles, isto é feito no próprio local da PN, em operação simples pois a interligação dos módulos é feita através de tomadas multipolares de engate rápido. A verificação da causa do defeito, e seu conseqüente reparo, é feita então nas oficinas credenciadas pela SINAF.
Uma vez que o sistema opera com os princípios da “Falha-Segura”, ou seja: em caso de pane, este permanecerá em funcionamento até que seja resolvido o problema, a metodologia de substituição de módulos garante a solução rápida e eficaz para a desobstrução do tráfego rodoviário no cruzamento. Fator muito importante, principalmente nas PN’s equipadas com cancelas automáticas.

 

Para maiores informações:

Galeria de imagens